WEBTECA

Doenças

ESCORIOSE, Phomopsis viticola Sacc.

Hiberna sob a forma de picnidios, na madeira necrosada dos sarmentos, braços e tronco, ou, nos gomos da base dos sarmentos da videira. Os picnidios, pontos negros visiveis a olho nú, contêm no seu interior os esporos, estes amadurecem durante o Inverno e, ao abrolhamento, estão prontos a infectar os orgãos verdes.
Esta doença não se dissemina facilmente pela água da chuva ou pelo vento, pelo que ocorre na vinha em manchas.
Na Primavera, os picnidios libertam os esporos e pela acção da chuva, ocorre a infecção dos rebentos jovens da videira.
Se a videira se encontrar num estado fenológico susceptivel (estado D) e tivermos um período de humectação superior a 7 horas, surgem os primeiros sintomas nos estrenós da base dos pâmpanos. O micélio desenvolve-se à superficie dos rebentos jovens.
Durante o verão, o fungo continua o seu desenvolvimento sobre os sarmentos herbáceos, os gomos formados são contaminados e os sintomas acentuam-se. No Outono, há formação de picnidios, o micélio torna-se mais evidente o que se traduz no esbranquiçado tipico dos sarmentos.
Nas folhas surgem pontuações negras com uma auréola amarelada, localizadas preferencialmente sobre o pecíolo e nervuras principais. Nos cachos as manchas localizam-se no pedunculo e no ráquis,dando origem, no Verão, a necroses acastanhadas, estriadas ou fusiformes, mais ou menos profundas. Nas varas formam-se pequenas lesões negras, arredondadas ou lineares, mais ou menos profundas nos entrenós da base, originando um esbranquiçamento cortical a partir da base. Os gomos basais morrem e a base dos sarmentos pode apresentar-se fendilhada.
Os maiores prejuízos são causados pela inviabilização dos gomos da base dos sarmentos, pois numerosos gomos da cepa são invadidos pelo micélio e na Primavera seguinte não abrolham.
Com o estrangulamento dos gomos, ocorre enfraquecimento e ruptura das varas, seja por acção do vento, pelo peso dos cachos ou em consequência de trabalhos culturais, como a poda em verde.
Nas folhas, os prejuízos não são importantes, porém ataques fortes podem provocar dessecação e desfoliação das folhas da base. Nos cachos, os ataques são sempre graves, provocando mau vingamento e desavinho.