PRODUTOS
Outros Produtos SAPEC
Visualizar Ficha Técnica CLP
Ficha de Segurança CLP
Tabela de Compatibilidades

LMR
Consultório Online
Mais informação
PRODUTOS



FUEGO® é um herbicida com ação de contacto e residual de pré e pós-emergência indicado para o controlo de infestantes anuais dicotiledóneas e monocotiledóneas no estado 2-3 folhas. A oxifluorfena, segundo a classificação do HRAC (Herbicide Resistance Action Committee), de acordo com o seu modo de ação pertence ao grupo E.

Tipo de Produto: Herbicidas
Formulação: Concentrado para emulsão (EC) com 240 g/L ou 23,55 % (p/p) de oxifluorfena
Contém: “nafta de petróleo (petróleo) aromática pesada”

Família Química: difeniléter
Número APV/AV: AV 1228

Embalagens:
. 1 L
. 5 L
. 20 L

PERIGO

A consulta do site não dispensa a leitura atenta do rótulo

Época e condições de aplicação

problema dose/conc. observações
LARANJEIRA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 1º ano de plantação no fim do outono-inverno durante a maturação do fruto (em aplicações dirigidas ao solo, sem atingir as partes verdes das culturas.
Recomenda-se aplicar o produto no início da primavera e em tangerinas e variedades temporãs de laranjas e no outono para variedades tardias de tangerinas e laranjas do tipo Navel.
Não aplicar na época de crescimento ativo das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

MACIEIRA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 2º ano de plantação. Só pode ser aplicado durante o repouso vegetativo ou após o vingamento dos frutos (nunca antes de maio). A aplicação deve ser dirigida ao solo, de modo a não atingir as partes verdes das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

NECTARINA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 2º ano de plantação. Só pode ser aplicado durante o repouso vegetativo ou após o vingamento dos frutos (nunca antes de maio). A aplicação deve ser dirigida ao solo, de modo a não atingir as partes verdes das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

OLIVEIRA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 1º ano de plantação no fim do outono ou da primavera em aplicações dirigidas ao solo, sem atingir as partes verdes das culturas. Não aplicar na época de crescimento ativo das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

PEREIRA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 2º ano de plantação. Só pode ser aplicado durante o repouso vegetativo ou após o vingamento dos frutos (nunca antes de maio). A aplicação deve ser dirigida ao solo, de modo a não atingir as partes verdes das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

PESSEGUEIRO
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 2º ano de plantação. Só pode ser aplicado durante o repouso vegetativo ou após o vingamento dos frutos (nunca antes de maio). A aplicação deve ser dirigida ao solo, de modo a não atingir as partes verdes das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

TANGERINEIRA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 1º ano de plantação no fim do outono-inverno durante a maturação do fruto (em aplicações dirigidas ao solo, sem atingir as partes verdes das culturas.
Recomenda-se aplicar o produto no início da primavera e em tangerinas e variedades temporãs de laranjas e no outono para variedades tardias de tangerinas e laranjas do tipo Navel.
Não aplicar na época de crescimento ativo das culturas. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.

VIDEIRA
Infestantes
0.6L/ha

Aplicar a partir do 3º ano de plantação e durante o repouso vegetativo, até cerca de 1 mês antes da rebentação. Aplicar em bandas ocupando 1/3 do terreno.


Infestantes Susceptíveis

beldroega (Portulaca oleracea), bolsa-de-pastor (Capsella rubella), bredos (Amaranthus spp.), catassol (Chenopodium album), dente-de-leão (Taraxacum officinale) erva-moira (Solanum nigrum), erva-moleirinha (Fumaria officinalis), grizanda (Diplotaxis catholica), morrião (Anagallis arvensis), mostarda-dos-campos (Sinapis arvensis), nariz-de-zorra (Silene gallica), Polygonum spp., saramago (Raphanus raphanistrum), serralha-áspera (Sonchus asper), serralha-macia (Sonchus oleraceus), urtigas (Urtica spp.), urtiga-morta (Mercurialis annua), verónicas (Veronica spp.).

INFESTANTES MODERADAMENTE SUSCEPTÍVEIS
avoadinha (Conyza canadensis), bico-de-pomba-menor (Geranium molle), cabelo-de-cão (Poa annua), corriola (Convolvulus arvensis), erva-vaqueira (Calendula arvensis), junça (Cyperus rotundus), grama (Cynodon dactylon), lâmio (Lamium amplexicaule), malvas (Malva sylvestris), milhãs (Digitaria spp. e Setaria spp.), morugem-branca (Stellaria media) olho-de-mocho (Tolpis barbata) e tasneirinha (Senecium vulgaris).

Infestantes Resistentes

erva-garfo (Erodium malacoides), Língua-de-ovelha (Plantago lanceolata), Chamaemelum mixtum.

Modo de Aplicação

Calibrar o pulverizador, calculando o volume de calda a utilizar por hectare, de modo a assegurar a distribuição uniforme da calda. A quantidade de produto e o volume de calda devem ser calculados em função da área a aplicar. Para diminuir o risco de arrastamento evitar pressões superiores a 2 kg/cm2 e o uso de atomizadores.
Volume de calda a utilizar 400 L/ha.

Modo de Preparação

No recipiente onde se prepara a calda deitar metade da água necessária. Juntar a quantidade de produto a utilizar e completar o volume de água, agitando sempre.

Intervalo de Segurança

21 dias em laranjeira e tangerineira; 180 dias em videira, macieira, pereira, pessegueiro e nectarina, 7 dias sem azeitonas no solo e 21 dias com azeitonas no solo.

Precauções Biológicas

Aplicar mediante pulverização em bandas dirigida ao solo, em quantidade que não ultrapasse as 150 g de substância activa por hectar e por ano.
Aplicar apenas ao ar livre mediante pulverização normal com trator dirigida ao solo, aplicando em bandas tratando com um máximo de 1/3 da superfície do solo.
O produto não deve ser aplicado em mistura com outros.
O uso repetido, no mesmo terreno das substâncias ativas do mesmo grupo químico ou que tenham o mesmo modo de ação poderão dar origem ao aparecimento de resistência das infestantes.
Não entrar no campo até à secagem completa do pulverizado.

Precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais

H226 - Líquido e vapor inflamáveis.
H304 - Pode ser mortal por ingestão e penetração nas vias respiratórias.
H317 - Pode provocar uma reação alérgica cutânea.
H319 - Provoca irritação ocular grave.
H332 - Nocivo por inalação.
H335 - Pode provocar irritação das vias respiratórias.
H351 - Suspeito de provocar cancro.
H373 - Pode afetar os orgãos após exposição prolongada ou repetida.
H410 - Muito tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.
P201 - Pedir instruções específicas antes da utilização.
P202 - Não manuseie o produto antes de ter lido e percebido todas as precauções de segurança.
P210 - Manter afastado do calor, superfícies quentes, faísca, chama aberta e outras fontes de ignição. Não fumar.
P260 - Não respirar as poeiras e a nuvem de pulverização.
P270 - Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.
P272 – A roupa de trabalho contaminada não deverá sair do local de trabalho.
P280 - Usar luvas de proteção, vestuário de proteção, proteção ocular e proteção facial.
P301+P330+P331 - EM CASO DE INGESTÃO: enxaguar a boca. NÃO provocar o vómito.
P302+P352 - SE ENTRAR EM CONTACTO COM A PELE: lavar abundantemente com água e sabão.
P304+P340 - EM CASO DE INALAÇÃO: retirar a pessoa para uma zona ao ar livre e mantê-la numa posição que não dificulte a respiração.
P305+P351+P338 - SE ENTRAR EM CONTACTO COM OS OLHOS: enxaguar cuidadosamente com água durante vários minutos. Se usar lentes de contacto, retire-as, se tal lhe for possível. Continuar a enxaguar.
P308+P311 - EM CASO DE exposição ou suspeita de exposição: Contacte um CENTRO DE INFORMAÇÃO ANTIVENENOS ou um médico.
P333+P313 - Em caso de irritação ou erupção cutânea: consulte um médico.
P337+P313 - Caso a irritação ocular persista: consulte um médico.
P362+P364 - Retirar a roupa contaminada e lavá-la antes de a voltar a usar.
P370+P378 - Em caso de incêndio: para a extinguir utilizar pó químico seco, dióxido de carbono (CO2), espuma e água pulverizada.
P391 - Recolher o produto derramado.
P403+P233 - Armazenar em local bem ventilado. Manter o recipiente bem fechado.
P501 - Eliminar o conteúdo e a embalagem em local adequado à recolha de resíduos perigosos.
EUH210 - Ficha de segurança fornecida a pedido.
SP1 - Não poluir a água com este produto ou com a sua embalagem. Não limpar o equipamento de aplicação perto de águas de superfície. Evitar contaminações pelos sistemas de evacuação de águas das explorações agrícolas e estradas.
SPe3 - Para proteção das plantas não visadas, respeitar uma zona não pulverizada de 5 metros e usar bicos de redução da deriva em 95% com redução em relação às zonas não cultivadas.
SPe3 - Para proteção artrópodes não visados, respeitar uma zona não pulverizada de 5 metros ou usar bicos de redução da deriva em 95% com redução em relação às zonas não cultivadas.
SPe3 - Para proteção dos organismos aquáticos, respeitar uma zona não pulverizada de 50 metros dos quais 20 metros são com coberto vegetal e usar bicos de redução da deriva em 95% em relação às águas de superfície.
SPPT1 - A embalagem vazia deverá ser lavada três vezes, fechada, inutilizada e colocada em sacos de recolha, devendo estes serem entregues num centro de recepção autorizado Valorfito; as águas de lavagem deverão ser usadas na preparação da calda.

Em caso de intoxicação contacte o Centro de Informação Antivenenos (CIAV), telefone nº 800 250 250

Marca Registada

ASCENZA AGRO, SA.

Nota

Os resultados da aplicação, deste produto são suscetíveis de variar pela ação de fatores que estão fora do nosso domínio, pelo que apenas nos responsabilizamos pelas características previstas na Lei.